sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Novo Pacote de Conteúdos do Power BI para o Project Online

Olá pessoal,

Quem acompanha o meu canal no YouTube deve ter notado que nos últimos tempos tenho procurado fazer uma série de vídeos com tutoriais sobre como construtir relatórios e dashboards no Power BI com dados do Project Online, com o objetivo de ajudar os administradores e membros do PMO a criar painéis que demonstrem em tempo real o estado do Portfolio de Projetos, dos Recursos Corporativos e também o status dos projetos propriamente ditos em sua organização.

Na última semana de Outubro de 2017 a Microsoft anunciou a disponibilização gratuita de um novo pacote de conteúdos do Microsoft Power BI com dados oriundos do Project Online. Contendo 13 relatórios visuais com uma série de informações relevantes, o pacote de conteúdo tem como objetivo suportar, de maneira nativa, os requisitos mais comuns de empresas que utilizam o Project Online e precisam de painéis e relatórios que suportem a tomada de decisão de seus gerentes de projeto, PMO e executivos.

Além do excelente trabalho visual aplicado aos relatórios, que apresentam layout dinâmico e incluem as últimas funcionalidades disponibilizadas no Power BI, o pacote de conteúdo também se mostra muito rico em informações e insights relevantes para quem utiliza o Project Online, provendo dados essenciais que, ao final do dia, suportam as principais partes interessadas que utilizam a plataforma. Definitivamente, um gol de placa da Microsoft!

Porém (e parece que sempre há um porém ), o pacote de conteúdos possui um ponto fraco. Ele foi desenvolvido inicialmente para se conectar a instâncias do Project Online que foram criadas a partir do idioma inglês, o que significa que qualquer pessoa que tentar conectar o pacote de conteúdos a uma instância que não utilize o idioma inglês de maneira nativa terá problemas.

Nesse sentido, este post terá como objetivo indicar o caminho das pedras para que você tenha condições de utilizar o pacote de conteúdos do Microsoft Power BI para o Project Online independentemente do idioma padrão da sua instância. Vamos lá?

Afinal, qual o problema com o pacote de conteúdos?

Se você tentar seguir o passo-a-passo para obter o pacote de conteúdos do Microsoft Power BI para o Project Online irá se deparar, na última etapa, com um erro mais ou menos parecido com este:


O problema aqui é que os relatórios, ao se conectarem ao banco de dados do Project Online para obter os dados, estão procurando por uma coluna chamada ‘RBS_R’, coluna esta que não existe no esquema de dados quando a instância não foi criada originalmente no idioma inglês (no nosso caso, para o idioma Português-Brasileiro, a coluna em questão recebe o nome de ‘EDR_L’). Desse modo é impossível utilizar o pacote de conteúdos nativo, e então somos forçados a seguir para o plano B.

O plano B – utilizando o Power BI Desktop para configurar os relatórios

Provavelmente sabendo do problema que usuários de instâncias não-inglesas teriam ao tentar utilizar o pacote de conteúdos nativo, a Microsoft disponibilizou via GitHub o arquivo .pbit (Power BI Template) contendo todos os relatórios, o que significa que é possível efetuar o download do arquivo e modificá-lo de acordo com a nossa necessidade.

Uma vez feito o download do arquivo é necessário seguir os passos abaixo:

1) Abra o arquivo ‘Microsoft Project Online Power BI’ através do Power BI Desktop
2) Uma caixa de diálogo será apresentada para que você insitra a URL do Site do PWA da sua empresa
3) Após inserir a URL do Site do PWA, clique no dropdown no canto inferior direito da caixa de diálogo e escolha a opção Editar


4) O Power BI Desktop irá abrir as consultas no modo de Editor de Consultas. Você verá que algumas tabelas apresentarão erros ao tentar atualizar os dados, e isto acontece em virtude do arquivo estar procurando por campos no idioma inglês – sendo que os campos existentes no banco de dados do Project Online, neste caso, estão em português. No exemplo abaixo, é possível verificar que há um problema com um campo chamado ‘CostType’ na tabela ‘Resources’:


5) Para resolver o problema você irá precisar renomear todos os campos que não foram traduzidos de português para inglês. Ainda no Editor de Consultas, clique no passo ‘Navigation’, disponível na lista de passos aplicados no painel à direita. Então, encontre o campo ‘TipodeCusto’ e o renomeie para ‘CostType’, conforme exemplo abaixo:


6) Ao renomear o campo, o Editor de Consultas irá apresentar um pop-up perguntando se você está certo de que deseja inserir um passo adicional. Clique Insert em todas as ocasições que este pop-up for apresentado:


Agora você precisa renomear todos os demais campos que ainda estão em português para conseguir atualizar os dados e trabalhar com os relatórios. Abaixo a lista das tabelas e dos campos que precisam ser renomeados (observação: tenha certeza de renomear os campos exatamente com os nomes descritos abaixo):

Tabela: Resources

De: TipodeCusto | Para: CostType
De: EDR | Para: RBS
De: NomedaEquipe | Para: TeamName
De: DepartamentosdoRecurso | Para: ResourceDepartments’

Tabela: Projects

De: DepartamentosdoProjeto | Para: ProjectDepartments
Tabela: Assignments

De: DepartamentosdoRecurso_L | Para: ResourceDepartments_R
De: StatusdoSinalizador_T | Para: FlagStatus_T
De: NomedaEquipe_L | Para: TeamName_R
De: TipodeCusto_L | Para: CostType_R
De: Integridade_T | Para: Health_R
De: EDR_L | Para: RBS_R

Uma vez renomeados os campos, você poderá clicar em Close and Apply no editor de consultas. O Power BI Desktop irá aplicar as mudanças na consulta e então atualizar os dados:



Ajustes adicionais

Uma vez atualizados os dados, você passará a visualizar as informações do seu portfolio de projetos, dos seus recursos e dos demais dado disponibilizados através do Power BI. Nesse momento você deverá realizar algumas modificações e ajustes para adaptar o pacote de conteúdos ao idioma utilizado no nosso país.

Por exemplo, os cards que demonstram o número de riscos ativos, na página ‘Portfolio Dashboard’ e também na página ‘Project Status’, estão configurados com o filtro = ‘(1) Active’, no idioma inglês. Você precisará alterar estes filtros para que seja possível resumir os cards de acordo com o nosso idioma local:


Outro ponto importante: toda a informação de custos nos relatórios está sendo disponibilizada no padrão americano, o que significa que o símbolo de moeda é baseado em dólares ($) ou, no caso das informações que são exibidas em cards, o texto ‘Dollars’ é que está presente. Nesse sentido, é preciso reconfigurar os padrões de formato dos cards/tabelas/gráficos para padronizar a informação no nosso idioma.

Fique atento também às configurações do formato de datas, que nas tabelas estão como MM/DD/YYYY. Você vai precisar ajustar mais este item. Por fim, parece que na conversão do idioma alguns hiperlinks foram desconfigurados, fazendo com que, ao invés de exibir um link, o elemento visual exiba o endereço da URL para onde o link deveria apontar. Um exemplo claro acontece na tabela que exibe a lista de projetos na página ‘Portfolio Dashboard’. Perceba que, logo após o nome do projeto, o texto https... está sendo exibido, quando na verdade ali deveria existir um hiperlink:


Para resolver este problema, primeiro selecione a tabela. Então, exiba a lista de campos no painel direto do Power BI Desktop. Em seguida, na lista de campos disponíveis, selecione o campo ‘Project Site’ e, na área Modeling do Ribbon do Power BI, selecione Data Category – Web URL:


Existem ainda outros pequenos ajustes que podem ser aplicados aos relatórios, além de uma possível personalização que você pode adotar para alinhar o conteúdo às necessidades da sua companhia. Sendo assim não economize tempo e revise bem o resultado final antes de publicar o seu arquivo para o Espaço de Trabalho no Power BI da sua organização.

Uma vez ready-to-go, é só publicar o conteúdo e estar sempre atualizado!

E você, o que achou do novo pacote de conteúdos? Compartilhe sua opinião aqui nos comentários e vamos trocar uma ideias!

Um forte abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário